Chupar dedo faz mal

Chupar dedo faz mal

Chupar dedoA imagem de um bebezinho chupando o dedo pode até parecer angelical, mas esse hábito quando não inibido no momento certo, pode causar sérios transtorno no desenvolvimento facial da criança.

Chupar dedo é um defeito que se persistente na criança pode ter graves conseqüências, como crescimento ósseo desordenado, más posições dentárias, distúrbios respiratórios, dificuldades na fala, perturbações no equilíbrio da musculatura e problemas psicológicos.

Quando o dedo é levado à boca e sugado, varias alterações ocorrem ao redor dos dentes, criando assim, uma má-oclusão caracterizada por: mordida aberta anterior circular; alteração dos dentes incisivos superiores; verticalização dos incisivos inferiores; arcada superior mais estreita; céu da boca profundo e retração da mandíbula para trás, devido ao peso da mão forçar continuamente a mandíbula.

 

Os pais ao identificarem alguns desses sinais deve procurar ajuda profissional especializada. Nessa fase o odontopediatra por ser o cirurgião dentista que cuida de criança, será a primeira opção. Caso necessite de uma intervenção com o uso de aparelho, o ortodontista deve ser consultado.

A forma mais simples para a remoção do hábito é na época de nascimento dos dentes permanentes, que se inicia com uma conversa franca entre a criança e o profissional. Caso a abordagem falhe, pode-se apelar para um sistema de recompensa.

Na maioria dos casos, é inevitável o uso de aparelhos mecânicos para interromper o hábito de sucção digital e possibilitar a correção da mordida aberta anterior. Esses aparelhos são simples obstáculos aos dedos, constituídos por uma grade fixa, que funcionam como simples recordadores para a criança, ou seja, um obstáculo que torna impraticável a sucção do dedo e evita também a interposição lingual.grade-palatina

O tratamento ideal é o multidisciplinar, englobando ortodontistas, odontopediatras, fonoaudiólogos e psicólogos, incluindo também a fundamental cooperação dos pais do paciente, o que é imprescindível para a criança.

Se identificar alguns desses sinais consulte um profissional e evite maiores transtornos na vida adulta dos seus filhos. Lembre-se, eles são de sua responsabilidade.

Agende sua consulta e venha sorrir com confiança

Agende aqui
Agende aqui

Deixar Um Comentário